06 jun. 2016

Macarrão de Panela de Pressão

 

Esse Macarrão de Panela de Pressão é uma receita que minha mãe fazia frequentemente, e além de delicioso, é muito prático. Por isso é uma ótima opção para o almoço ou jantar do dia a dia.

Fiz algumas alterações, e passo pra vocês a receitinha que eu adoro:

 

Macarrão de Panela de Pressão
Macarrão de Panela de Pressão

 

Ingredientes para o Macarrão de Panela de Pressão

 

  • 500g de Mini Penne Barilla (Pode fazer com outro, desde que seja grano duro, mas esse é o que eu mais gosto. É menorzinho do que o da foto, esse dia infelizmente não tinha esse mini da Barilla)
  • 2 caixinhas de creme de leite
  • 1 lata de tomate pelato
  • 2 colheres (sopa) de extrato de tomate
  • 5 a 6 dentes de alho bem picadinhos
  • 2 cebolas bem picadinhas
  • Opcional: pode fazer só com os molhos acima, ou adicionar 300g de carne moída, ou calabresa ralada, ou linguicinha Blumenau. O que eu mais gosto é de linguiça Blumenau.
  • Opcional: 1 xícara de vinho branco seco
  • Cheiro verde bem picadinho (salsinha e cebolinha)
  • Sal e pimenta do reino
  • Azeite de Oliva

 

Como Fazer Macarrão de Panela de Pressão

 

  • Se estiver usando linguiça Blumenau ou Calabresa, retire a capa e pique bem. Coloque em um prato 2 folhas de papel toalha, a linguicinha cortada, 2 folhas de papel toalha por cima. Leve ao microondas por 2 minutos. Esse processo diminui bastante a quantidade de gordura que vai para a comida.
  • Se estiver usando carne moída, doure na panela bem quente e reserve.
  • Na panela de pressão, dourar o alho e cebola no azeite de oliva e adicionar a carne ou linguicinha (caso esteja usando).
  • Adicionar o vinho e deixar evaporar.
  • Misture o macarrão, o tomate pelato e o extrato, os cremes de leite. Misture bem e adicione água até que fique 2 dedos acima do macarrão. Coloque sal e pimenta e prove do caldinho para saber se está bom.
  • Cozinhe na pressão por 3 minutos (contando o tempo depois que pegar pressão). Depois desse tempo, retire a pressão para abrir a panela e adicione o cheiro verde.

 

Dicas da Bru

 

  • Assim como forno, panela de pressão é uma coisa um tanto “particular”, digamos assim… Rsrs Pode ser que na sua leve mais ou menos tempo, mas sugiro que teste o tempo que eu indiquei primeiro, pois caso ainda fique meio durinho, basta adicionar um tantinho de água e deixar ferver aberto mais um pouco. Aqui em casa sempre dá certo com esse tempo e eu nunca precisei fazer isso.
  • Se vocês fizerem a receitinha de Molho de Calabresa que eu coloquei aqui junto com o post da polenta cremosa, vão perceber que rende bastante… Então dessa ultima vez que fiz esse macarrão de panela de pressão, usei esse molho e adicionei apenas os cremes de leite, água, sal e pimenta, e cheiro verde no final, pois no molho que estava pronto já tinha bastante alho, cebola, tomate, etc…

 

Beijos, Bru.

 

Leia Mais

05 jun. 2016

A Melhor Polenta Cremosa

Vocês não imaginam o meu desespero, quando fui receber dois casais para jantar um Ossobuco de Vitela, e quando perguntei se preferiam risoto ou massa para acompanhar, um deles me responde: “Quero polenta mole!”. Gente, eu não sabia fazer polenta mole!! Já tinha feito uma ou duas vezes sim, mas não ficou aquela delícia, sabe?!

 

Eis que alguém me lembrou que temos um colega fazendo pós em Gastronomia, e havia mostrado essa polenta na semana anterior. Há! Foi a minha salvação, e ficou simplesmente P-E-R-F-E-I-T-A. Um dos meus convidados disse que nunca comeu uma tão boa em nenhum restaurante que já tenha ido… Então, se preparem para a Melhor Polenta Cremosa!

 

Polenta Cremosa com Ossobuco de Vitela.
Polenta Cremosa com Ossobuco de Vitela.

 

Ingredientes para Polenta Cremosa

 

Serve bem 4 pessoas

 

  • 100 g de fubá amarelo = 1 xícara menos 1 dedinho, ou 1 copo menos 2 dedos (tem foto no final pra vocês verem a quantidade)
  • 1 litro de leite (integral) – a receita sugere 600 ml, mas eu queria bem molinha.
  • 1 Bouquet Garni (galhinhos de ervas frescas amarrados com um barbante). Gosto de usar alecrim, tomilho e sálvia – 2 ou 3 galhinhos de cada. Se tiver alho poró pode amarrar no talinho dele.
  • 1 cebola piqué (1/2 cebola com 2 folhas de louro presas com 3 cravinhos) – foi por minha conta
  • 50 g de queijo Grana Padano ou Parmesão ralado (compra a pecinha e rala, tá?! Nada de queijo de saquinho!)
  • 50 g de manteiga (1/4 do tablete de 200 g)
  • Creme de leite para finalizar – a receita “original” sugere 40 ml de creme de leite fresco, eu usei 1 caixinha (200 ml) do Gourmet da Piracanjuba, que tem alto teor de gordura, assim como o fresco.
  • Sal
  • Noz mocada (por minha conta)

 

Como Fazer Polenta Cremosa

 

  • Em uma panela grande e funda, aqueça o leite com o sal, bouquet garni e cebola piqué. Desligue e tampe. Se possível, faça esse passo algumas horas antes de começar a cozinhar a polenta para que o leite pegue o gostinho dos temperos.
  • Em uma vasilha maior, cubra o fubá com água fria e misture bem. Deixe hidratando de 15 a 30 minutos.
  • Na hora de fazer a polenta, aquecer novamente o leite e retirar as ervas e cebola.
  • Em fogo baixo, adicionar o fubá hidratado na água mexendo com um fouet sempre, para não formar grumos.
  • Cozinhar até que o fubá deixe de ter gosto amargo e farinhento. (no mínimo 30 minutos, sendo que para essa quantidade levei 1 hora cozinhando). Mexendo sempre.
  • Depois de cozido, adicionar a manteiga gelada, o creme de leite, o queijo ralado, noz moscada e regular o sal.
  • Caso queira um ponto ainda mais mole do que ficou, basta adicionar mais água ou leite até ficar como você quer, lembre-se que assim que esfriar um pouquinho começa a endurecer, então considere isso antes de servir.

 

Dicas da Bru

 

  • Como eu disse pra vocês, a primeira vez que eu fiz essa polenta foi para acompanhar o Ossobuco de Vitela, que eu já coloquei a receita no blog. Dai outro dia meu marido fez um Ragú de Calabresa e achei que ficaria perfeita com essa polenta cremosa. Fica a ideia para vocês de servir até como uma entrada antes do jantar, ao invés de prato principal, ou para uma noite de Finger Food, onde podemos servir várias mini-comidinhas em loucinhas charmosas como essas panelinhas:

 

Polenta Cremosa com Ragú de Calabresa
Polenta Cremosa com Ragú de Calabresa

 

Quer saber como faz esse molhinho do marido? É uma delícia e bem facinho, segue uma receitinha express:

Rale 2 linguiças calabresa (400g), doure na panela e escorra em papel toalha (ou coloque em um prato 2 folhas de papel toalha em baixo e 2 em cima da calabresa já ralada e leve ao microondas por 2 minutos).

No azeite de oliva e em fogo alto, doure alho e cebola bem picadinhos (6 dentes de alho e 2 cebolas).

Adicione a calabresa e misture bem. Adicione 1 lata de tomate pelatti em pedaços.

Abaixe o fogo e cozinhe pelo máximo de tempo que puder, o nosso ficou umas 3 horas cozinhando, mexendo de vez em quando, mas não precisa ficar em cima não.

Caso esteja com pressa não tem problema, vai dar certo também, só que quanto mais tempo cozinha, mais saboroso fica.

 

 

  • Como você ainda não comprou  a balancinha que eu sugeri, medi em um copo americano (esses de requeijão) e em uma xícara para te mostrar a quantidade:

 

1 copo menos 2 dedos.

Polenta Mole: 100 g = 1 copo menos 2 dedos.
Polenta Mole: 100 g = 1 copo menos 2 dedos.

 

1 xícara menos um dedinho.

Polenta Mole: 100 g = 1 xícara (de chá) menos 1 dedinho
Polenta Mole: 100 g = 1 xícara (de chá) menos 1 dedinho

 

Espero que essa comidinha deliciosa aqueça suas noites, como aquece as nossas!

 

Beijos, Bru.

 

Leia Mais

01 jun. 2016

Pão Recheado com Gorgonzola e Mignon

 

 

Miga, sua loca!! Você mostrou isso no Snap tem semanas já e não veio dar a receita pra gente! Hahahaha

 

Pois aqui estou, para dividir com vocês a delícia que ficou esse Pão Italiano recheado com creme de gorgonzola e mignon para acompanhar. É tipo um fondue no pão, sabem como? Perfeito para abrir um vinho e fazer uma surpresa para o amor, ou ser um dos petiscos para uma noite com os amigos!

 

E o melhor: É muito fácil!! Vem comigo!

 

Pão Italiano Recheado com Gorgonzola e Migon.
Pão Italiano Recheado com Gorgonzola e Migon.

 

Ingredientes para o Pão recheado com gorgonzola e mignon:

 

  • 1 pão italiano
  • 1 triângulo de gorgonzola picadinho
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 500 g de mignon em cubos (o meu era tirinhas pequenas pois era o que eu já tinha congelado, mas recomento que use cubos não muito pequenos)
  • 4 dentes de alho grandes
  • 2 colheres de manteiga
  • Galhinhos de alecrim e tominho a gosto (uns 2 de cada)
  • Noz moscada a gosto
  • Sal e pimenta do reino

 

Como fazer o Pão recheado com gorgonzola e mignon:

 

Pão italiano recheado.
Pão italiano recheado.

 

  • Com uma faquinha de ponta fina, vamos cortar um círculo em cima do pão. Assim:

 

Pão recheado: Corte uma "tampa" redonda em cima.
Pão recheado: Corte uma “tampa” redonda em cima.

 

  • Corte essa parte pontuda da tampa do pão, retire o miolo com o auxílio de uma colher. Reserve o pão enquanto preparamos o recheio e o migon. (Não vamos usar a pontinha da tampa e nem o miolo do pão, então pode descartar ou separar para outro fim).

 

Pão recheado: Corte a parte pontuda da tampa e retire o miolo com uma colher.
Pão recheado: Corte a parte pontuda da tampa e retire o miolo com uma colher.

 

  • Em uma panela muito quente, adicione a manteiga, o mignon, os dentes de alho e galhinhos de alecrim e tomilho. Não mexa! Espere que a carne fique esbranquiçada/rosada por cima, e aí sim pode mexer, pois isso significa que a carne está douradinha em baixo e já selou. Esperar para mexer, e ter certeza de que a panela está muito, muito quente, faz com que a carne sele e solte a menor quantidade de água possível, resultando em uma carne mais macia.

 

  • Passe a carne para uma panela ao lado, pois vamos aproveitar o fundinho da panela que grelhamos para fazer o creme de gorgonzola: é ali que todo o sabor está.
Pão recheado: Doure bem o mignon e reserve. Na mesma panela, vamos fazer o creme de gorgonzola.
Pão recheado: Doure bem o mignon e reserve. Na mesma panela, vamos fazer o creme de gorgonzola.

 

  • Na panela que grelhou a carne, aqueça o creme de leite. Com o fogo muito baixinho, misture o gorgonzola picadinho até que se derreta. Prove e regule o sal, adicione pimenta do reino e noz moscada a gosto.

 

Pão recheado: Creme de Gorgonzola
Pão recheado: Creme de Gorgonzola

 

  • Ah, não se esqueça de verificar se o migon soltou um “caldinho” na outra panela, e adicione-o ao creme também.

 

Pão recheado: Creme de Gorgonzola
Pão recheado: Creme de Gorgonzola

 

  • Retire os galhinhos de ervas do mignon, adicione sal e pimenta, e aqueça para poder servir.

 

  • Coloque o creme dentro do pão e sirva com a carne do lado. Coloque garfinhos para pegar a carne e mergulhar no creme de gorgonzola. Huuummm

obs: eu mantive o alho pois aqui o pessoal adora comer ele também, mas você pode descartar junto com as ervas, se quiser.

 

Pão Italiano Recheado com Gorgonzola e Migon.
Pão Italiano Recheado com Gorgonzola e Migon.

 

Dicas da Bru:

 

  • Essa é uma proposta de apresentação super charmosa para o inverno, mas certamente você pode usar essa receita de outras maneiras: dispensando o pão, e misturar o migon com o creme de gorgonzola para servir com algum outro acompanhamento, pode usar medalhões ao invés de cubos, e pode até fazer apenas o molho para servir com macarrão, batatas, etc…

 

  • Depois que terminar o migon e o creme de dentro, você pode cortar o pão em alguns pedaços e levar para aquecer no forno. O pão fica levemente crocante, e o restinho do creme se incorpora à parte macia do pão deixando super saboroso. Eu ainda coloquei um fiozinho de azeite de oliva aromatizado com alho, só pra não perder o costume… Rsrs

 

  • Se você ferver um pouquinho demais o creme, pode ser que ele forme uma águinha por cima na hora de servir. Isso não é nada de mais, é apenas gordura do queijo e creme de leite. Aconteceu comigo, e basta mexer bem com uma colherzinha para ele voltar a ficar homogêneo. Olha só como estava antes de eu mexer: 

    Se isso acontecer, basta misturar muito bem com uma colherzinha e o creme ficará homogêneo novamente.
    Se isso acontecer, basta misturar muito bem com uma colherzinha e o creme ficará homogêneo novamente.

Tenho certeza que vocês vão amar!

 

Beijos, Bru.

Leia Mais