30 ago. 2017

Risoto de Mascarpone, Bacon e Tomilho

Que eu amo risoto não é novidade! Mas esse Risoto de Mascarpone, Bacon e Tomilho conquistou a turma aqui, boatos que foi o melhor ou um dos melhores que já fiz. Ah, e com aspargo na manteiga em cima, por favor!

 

Risoto de Mascarpone, Bacon e Tomilho
Risoto de Mascarpone, Bacon e Tomilho

 

Ingredientes para o Risoto de Mascarpone, Bacon e Tomilho

Serve 4 pessoas

 

  • 300g de arroz arbóreo ou carnaroli (prefiro carnaroli)
  • 1 cebola bem grande e bem picadinha
  • 200g de bacon magro (hahaha) – digo mais carne e menos gordura – picadinho o menor que conseguir
  • 1 xícara e 1/2 de vinho branco seco
  • 1 pote de mascarpone (200g)
  • 4 colheres (sopa) de manteiga
  • 3 galhos (grandes) de tomilho fresco
  • um fio de azeite de oliva
  • 1 xícara de queijo Grana Padano ralado fino
  • mais queijo Parmesão ou Grana Padano ralado para servir a parte
  • 1 1/2 litros de Caldo Caseiro para Risoto

Preparo do Risoto de Mascarpone, Bacon e Tomilho

 

  • Em uma panela quente, doure o bacon em um fio de azeite de oliva. Retire o bacon e escorra em papel toalha para ficar bem sequinho, mantendo a gordura que soltou na panela.
  • Adicione 1 colher de manteiga e um fio de azeite de oliva e doure a cebola junto com o tomilho até que ela murche bem. Você pode adicionar aqui um pouquinho do caldo, assim a cebola cozinha e depois doura, o que faz com que ela fique bem molinha.
  • Adicione o arroz e refogue até os grãos ficarem esbranquiçados.
  • Adicione o vinho e mexa. Mexendo, espere o álcool evaporar e o vinho secar quase que por completo.
  • Comece a colocar o caldo aos poucos – concha a concha – conforme for secando. Mexendo sempre. O cozimento dura cerca de 18 a 20 minutos, cozinhando sempre em fogo médico/baixo, e o ponto ideal é o al dente (quando por dentro ainda está um pouquinho firme).
  • Prove o ponto do arroz, e se estiver bom vamos finalizar: Desligue e adicione 3 colheres de manteiga bem gelada, e o queijo ralado mexendo vigorosamente para emulsionar bem. Coloque então 1 concha de caldo, o mascarpone e o bacon e misture novamente. Feche a panela e espere 2 minutos antes de servir (o risoto sempre pede esse tempo de pausa antes de servir!) Prove e regule o sal. Retire os galhos de tomilho antes de servir.

 

Como fazer os Aspargos na manteiga:

 

  • Primeiro opte pelos aspargos mais finos.
  • Enxágue-os em água corrente e descarte as pontas (de baixo) esbranquiçadas (ou melhor, guarde para fazer um caldo caseiro!).
  • Vamos branquear esses aspargos: Ferva uma água com 1 colher de sal. Quando estiver fervendo bem adicione os aspargos e conte 20 segundos (exatamente!).
  • Transfira-os imediatamente para uma bacia com água gelada e gelo. Deixe alguns minutinhos para resfriar bem e escorra. Reserve até a hora de usar. Pode fazer isso até no dia anterior se quiser.
  • Na hora de servir tempere os aspargos com sal e pimenta do reino. Em uma frigideira derreta uma colher de manteiga e um fio de azeite de oliva. Salteie os aspargos ali e sirva e cima do risoto. Pode ser feito dessa maneira para acompanhar carnes também.

Obs:

Quem me inspirou com essa combinação foi a chef Cecília de Araújo. Acompanho o trabalho dela pelo Instagram e amo! Se Goiânia não ficasse tão longe de Curitiba com certeza iria fazer umas aulinhas com a chef Cecília, pois AMO APRENDER coisas novas, e aperfeiçoar as que já sei, e ela tem tantas, mas tantas dicas legais e ensinamentos para passar, que acho que teria que ser um curso intensivão! Hehehe

 

Façam esse risoto e me contem, tá?!

 

Beijos,

Bru.

Leia Mais

30 ago. 2017

Mousse de Chocolate

Procurando uma receita de sobremesa fácil, barata e irresistível?! Encontrou!! Esse Mousse de Chocolate é receita da Rita Lobo (adoro!), tem disponível também no Livro Panelinha, Receitas que funcionam e no site Panelinha.

 

Mousse de Chocolate
Mousse de Chocolate. Opcional: Finalizar com granulado belga ao leite.

 

Ingredientes para o Mousse de Chocolate:

 

  •  200g de chocolate meio amargo (usei 100g meio amargo e 100g ao leite)
  •  100g de manteiga sem sal (½ tablete)
  • 4 ovos (gemas e claras separadas)
  • 4 colheres de açúcar
  • 1/3 xícara (chá) de café pronto ou água (usei de café)
  • ½ colher (sopa) de conhaque

 

Como Fazer Mousse de Chocolate:

 

  • Pique ou quebre o chocolate em pedaços pequenos. Coloque em uma panela pequena, junto com a manteiga e o café e leve ao fogo baixo até derreter tudo, mexendo sempre. Desligue e reserve.
  • Na batedeira, juntas as gemas e o açúcar, e bater até virar um creme bem clarinho (leva alguns minutos). Junte o conhaque, o chocolate que foi derretido na panela e bata até que tudo esteja bem misturado. Retire essa mistura da batedeira e coloque em outra bacia.
  • Lave e seque MUITO bem a bacia e o(s) batedor(es) da batedeira. Bem sequinho mesmo! Agora bata as claras em neve com uma pitadinha de sal (dica do Claude para toda vez que for bater clara em neve).
  • Misture 1/3 da clara em neve ao creme de chocolate que foi reservado e mexa muito bem. Agora delicadamente, mas sem demorar muito, misture o restante das claras em neve. Transfira para uma travessa bonita, ou tacinhas individuais e leve para a geladeira por no mínimo 6 horas.

Dicas:

 

  • Eu sei, parece bem chato isso de lavar a batedeira no meio do preparo. Mas acredite, nem é tanto assim! É que segundo a Rita, faz muita diferença que as claras sejam batidas em neve apenas no momento em forem ser usadas, e não no inicio da receita como geralmente acontece. Mas please, seque tudo muito bem mesmo, se não o ponto não da certo!

 

  • Pelo menos 6 horas na geladeira… Eu acho até um pouco arriscado esse tempo, pois se a sua geladeira estiver muito cheia, não estiver muito gelada, ou você estiver cozinhando e abrindo ela o tempo todo, corre o risco do mousse não firmar, ou não ficar tão aerado. Por isso, recomendo aumentar esse tempo em algumas horas. Eu fiz a noite para servir no jantar do dia seguinte, e deu super certo. Além da garantia de que a consistência estará no ponto, acho bem melhor fazer a sobremesa o quanto antes, para ter menos louça e menos trabalho perto da hora da refeição. Olha só que textura perfeita fica de um dia para o outro:

 

Mousse de Chocolate com textura perfeita!
Mousse de Chocolate com textura perfeita!

 

Quem já conhecia essa receitinha? E quem vai fazer de sobremesa e vir me contar como ficou?

 

Beijos,

Bru.

Leia Mais

30 ago. 2017

Receitinha Express de Batatas Dominó inspiradas em Francis Mallmann

Essas Batatas Dominó são inspiradas na receita do incrível chef Francis Mallmann!

Inspiradas pois a receita original leva manteiga clarificada e menos ervas, alho, etc. Além disso, minha batata estava pequena demais para o meu gosto, rsrs. Então se quiserem buscar essa receita é só colocar “Batata Dominó Francis Mallmann” no Google! Inclusive, encontrei esse post super legal sobre elas!

 

Ah, e sobre o chef: Quem não conhece, recomendo que passe a conhecer! Bem resumidinho, ele é argentino e especialista em carnes e legumes feitos principalmente na brasa. Considerado um mestre pela turma que adora um bom churrasco, tem restaurantes no Uruguai e Argentina, o livro Siete Fuegos e um episódio dedicado à ele na série CHEF’S TABLE do Netflix (Temporada 1, episódio 3).

 

Batatas Dominó
Batatas Dominó

 

Eu fiz Batatas Dominó assim:

 

  •  Lavei e cortei 4 batatas de maneira que cada uma virasse um retângulo. Ou seja, corta todos os lados e as bordas. Depois corta em fatias fininhas.
  • Untei com manteiga e um pouquinho de azeite de oliva o fundo de uma frigideira inteira de ferro (pode ser em forma, refratário, o que tiverem).
  • Coloquei as batatas arrumadinhas em fileiras como na foto. Por cima pincelei manteiga derretida, sal, pimenta, galhinhos de ervas frescas e dentes de alho amassados com casca e tudo.
  • Levei ao forno médio pré aquecido e deixei até que ficassem cozidas al dent (não marquei tempo, tem que espetar para ver). Então descartei os alhos e ervas, e liguei o grill/dourador para dar uma corzinha em cima. Assim que dourou, retirei e servi.

 

Batatas Dominó
Batatas Dominó

 

OBS:

 

  • O melhor é fazer com manteiga clarificada, pois ela queima bem mais devagar. Eu não tinha e usei manteiga comum derretida.

 

 

Quem fizer volta para me contar, tá bom?!

 

Beijos,

Bru.

Leia Mais

30 ago. 2017

Petisco de Mignon cremoso com Alho Poró e Mostarda da Ca

Um dia fomos de última hora na casa dos meus cunhados e compadres, só para tomar uma cervejinha e conversar, e minha cunhada Ca nos surpreendeu com essa delícia de Petisco de Mignon cremoso com Alho Poró e Mostarda perfeito para ficar ali comendo enquanto toma uma cervejinha e bate um papo!

 

Quando postei essa foto no Instagram a turma enlouqueceu por causa da receita, e só agora consegui falar com ela para relembrar como foi feito! Rsrs Então vamos lá:

 

Petisco de Mignon cremoso com Alho Poró e Mostarda da Ca
Petisco de Mignon cremoso com Alho Poró e Mostarda da Ca

 

Ingredientes para o Petisco de Mignon cremoso com Alho Poró e Mostarda:

 

  •  800g de mignon em cubos ou tiras
  •  1 pote de Molho de Alho Poró da Empório Rosmarino
  • 250 ml de creme de leite fresco (de garrafinha)
  • 1 colher (sopa) cheia de Mostarda Dijon
  • 1 colher (sopa) cheia de Mostarda L’ancienne (a do pote que tem sementinhas
  • Azeite de oliva
  • Manteiga
  • Noz Moscada
  • Pimenta do reino
  • Sal
  • Cebolinha verde francesa (fininha)

 

Como Fazer o Petisco de Mignon cremoso com Alho Poró e Mostarda:

 

  •  Com a carne em temperatura ambiente, doure rapidamente em uma panela bem quente com um fio de azeite de oliva e manteiga. Faça isso com a carne pouco a pouco para não juntar água na panela.
  • Adicione sal e pimenta do reino em toda a carne grelhada e reserve.
  • Na mesma panela que a carne foi dourada adicione o Molho de Alho Poró da Empório Rosmarino, o creme de leite fresco e as mostardas.
  • Deixe apurar um pouquinho para o molho encorpar, mexendo de vez em quando, regule o sal, a pimenta, e coloque uma pitada de noz moscada.
  • Volte a carne para a panela apenas para aquecer, prove novamente a carne com o molho, regulando o tempero caso necessário.
  • Coloque em uma travessa e salpique cebolinha francesa picada bem fininha para finalizar.
  • Sirva com torradinhas ou pão fresco em fatias.

 

*OBS*

 

  • Na minha humilde opinião, os molhos da Empório Rosmarino são insubstituíveis. Porém, se você não mora em Curitiba, provavelmente não vai encontrar na sua cidade. Então, antes de começar essa receita faça um molhinho assim: Pique bem fininho 2 talos de Alho Poró (3 se for muito fininho). Restrinja apenas à parte branca e verde clarinha. Pique BEM fininho ou rale 1/2 cebola e 1 dente de alho. Refogue tudo em 1 colher BEM generosa de manteiga até murchar bem. Adicione 250 ml de creme de leite fresco, sal, pimenta do reino, noz moscada e ferva até reduzir um pouco e encorpar. Reserve e prossiga com a receita acima. A receita nunca foi feita usando esse molho caseiro que passei como sugestão, usamos apenas o da Rosmarino. Mas caso alguém faça desta forma, por favor me conte como ficou!

 

  • Como foi feito um petisco para servir com pão, minha cunhada deixou o molho bem encorpado com a carne. Caso você vá servir com massa ou arroz, precisa fazer mais molho para o prato não ficar seco, pois nessa receita acima molho não fica abundante.

 

  • Essa receita foi feita “de olho”, portanto as quantidades são aproximadas. Você pode ir regulando conforme for provando: mais mostardas, mais creme de leite se estiver muito seco, ferver um pouquinho mais para reduzir se estiver ralo, etc.

 

 

Espero que tenham gostado, e quem fizer me conta!

 

Beijos,

Bru.

Leia Mais

30 ago. 2017

Creminhos para Congelar: Receita de Creme de Chuchu, de Abobrinha com Bacon, e de Batata Doce com Linguicinha Blumenau

 

Oiiii amores!!!

 

Ontem fiz alguns creminhos para congelar e vim passar as receitinhas para vocês!

Óbvio que você não precisa fazer todos, e nem congelar… Rsrs Mas eu resolvi colocar tudo em um post só pq usei o mesmo caldo e uma mesma base de temperos em todos.

 

Gostaria de pedir desculpas por não ter tirado foto de creme por creme, pois realmente foi bem corrido comprar e fazer tudo isso em uma tarde só. E também por não ter pesado o chuchu e abobrinha  🙄 escrevi a quantidade e tamanho que peguei na feirinha, tá?!

 

Então nesse post vocês irão encontrar as seguintes receitas:

 

  • Caldo Base para Cremes e Sopas
  • Creme de Chuchu
  • Creme de Batata Doce com Linguicinha Blumenau
  • Creme de Abobrinha Verde com Bacon

 

Creminhos para Congelar
Creminhos para Congelar

 

Caldo Base para Cremes e Sopas

 

A primeira coisa e mais importante é fazer um fundo (caldo) base bem temperado e natural. Claro que esta é apenas uma sugestão e você pode fazer com o que tiver/quiser. Quero lembrar que já temos no blog a receita de um Caldo Caseiro Para Risoto que é mara e super completo!

 

Ingredientes para o Caldo Base:

 

  • 500g de frango caipira em pedaços (eu usei dorso a passarinho que encontrei no Festval)
  • 2 cebolas grandes cortadas em cubos grandes
  • 1 cenoura cortada em rodelas (pode ser com casca e tudo)
  • 6 dentes de alho (bem grandes!) amassados com casca e tudo
  • 1 tomate cortado em 4
  • 2 talos de salsão
  • Aparas dos legumes que você vai usar nas sopas: pontas de abobrinhas, pontas e folhas de alho poró, etc.
  • 2 galhinhos de cada erva: alecrim, tomilho, sálvia.
  • Talinhos de salsinha e cebolinha
  • 1 folha de louro
  • 2 cravos
  • 1 pimenta jamaica
  • 6 grãos de pimenta do reino
  • 1 pitada de sal (pitada mesmo)
  • 4 litros de água

 

Como fazer o Caldo Base:

 

  • Em uma panela bem grande refogue todos os legumes e o frango em um fio de azeite de oliva, até os legumes murcharem.
  • Adicione As ervas e temperos, e a água.
  • Assim que ferver abaixe o fogo e vá sempre retirando a espuma que formar em cima: são as impurezas do frango.
  • Deixe a panela entreaberta e cozinhe por cerca de 1 hora em fogo baixo.
  • Dai é só desligar e coar, ou usar uma peneira para adicionar nos cremes conforme precisar.
  • Caso sobre caldo, pode coar e congelar para usar em outra receita de sopa, risoto, polenta, enfim, no que quiser!

 

Receita de Creme de Chuchu

 

Confesso que essa receita me surpreendeu! Não esperava que uma coisa tão sem graça simples e fácil ficasse tão delicada. Achei até que lembra um pouco uma vichyssoise.

 

Ingredientes para o Creme de Chuchu

 

  • 1 cebola pequena picadinha (não precisa caprichar muito nos cortes pq vamos bater tudo depois)
  • 1 talo de alho poró em roledinhas (use aqui apenas a parte branca e verde clarinha, e deixe a parte mais escura e folhas para o caldo base)
  • 3 dentes de alho (grandes) picadinhos
  • 4 chuchus médios descascados e picados em cubos grandes (retire também a parte branca de dentro)
  • 2 galhos de alecrim
  • 200 ml de creme de leite fresco (de garrafinha)
  • 1/2 colher (sopa) de manteiga
  • Um fio de azeite de oliva
  • Sal
  • Pimenta do Reino
  • Caldo Base o quanto baste

 

Como fazer o Creme de Chuchu

 

  • Derreta a manteiga com o azeite de oliva e refogue a cebola, alho e alho poró até murcharem bem.
  • Adicione o chuchu, sal, pimenta, alecrim e refogue um pouquinho.
  • Adicione o caldo até cobrir e cozinhe até amolecer o chuchu. Pode deixar a panela entreaberta em fogo médio/baixo.
  • Quando estiver molinho, retire o alecrim e bata tudo no liquidificador. Se couber pode adicionar já o creme de leite, se não, volte para a panela, adicione o creme de leite, regule o tempero e está pronta!

 

Creme de Batata Doce com Linguiça Blumenau

 

Ingredientes do Creme de Batata doce com Linguiça Blumenau

 

  • 1 kg de batata doce (a minha era a da casca roxa) descascada e cortada em rodelas
  • 1 linguicinha Blumenau (+/- 300g)
  • 1 cebola grande picadinha (não precisa caprichar muito nos cortes pq vamos bater tudo depois)
  • 1 talo de alho poró em roledinhas (use aqui apenas a parte branca e verde clarinha, e deixe a parte mais escura e folhas para o caldo base)
  • 5 dentes de alho (grandes) picadinhos
  • 4 folhas de sálvia
  • 200 ml de creme de leite fresco (de garrafinha)
  • Sal
  • Pimenta do Reino
  • Cheiro Verde bem picadinho à gosto
  • Caldo base o quanto baste

 

Como fazer o Creme de Batata Doce com Linguiça Blumenau

 

  • Tire a capa da linguiça e passe a por um processador ou pique bem com uma faca.
  • Doure a linguicinha na panela de pressão, mexendo sempre com uma colher para que ela fique bem soltinha. Não precisa colocar óleo, ela solta sua própria gordura.
  • Tire a linguicinha já bem dourada com uma escumadeira e deixe escorrendo em papel toalha.
  • Na panela com a gordura da linguicinha, refogue até murchar bem a cebola, alho e alho poró. Adicione um fio de azeite de oliva apenas caso seja necessário.
  • Coloque a batata doce em rodelas, tempere com sal, pimenta do reino e sálvia. Refogue um pouco para envolver o tempero nas batatas.
  • Cubra com o caldo base 2 dedos acima das batatas.
  • Feche e cozinhe por 15 minutos, contando o tempo depois que pegar pressão.
  • Abra e retire as folhas de sálvia.
  • Bata tudo no liquidificador, adicionando mais conchas do caldo base caso seja necessário. Provavelmente você terá que bater em 2x, no meu liquidificador não cabe de uma vez só.
  • Volte para a panela e misture bem o creme de leite, linguicinha e cheiro verde. Regule o tempero e está pronta!

 

Creme de Abobrinha Verde com Bacon

 

Ingredientes do Creme de Abobrinha Verde com Bacon

 

  • 4 abobrinhas verdes médias/grandes cortadas em rodelas
  • 200g de bacon com pouca gordura picado bem fininho (indico Sadia em ou Bizinelli em fatias)
  • 1 cebola picadinha (não precisa caprichar muito nos cortes pq vamos bater tudo depois)
  • 1 talo de alho poró em roledinhas (use aqui apenas a parte branca e verde clarinha, e deixe a parte mais escura e folhas para o caldo base)
  • 3 dentes de alho (grandes) picadinhos
  • 2 galhos de tomilho
  • 200 ml de creme de leite fresco (de garrafinha)
  • 1/2 colher (sopa) de manteiga
  • Um fio de azeite de oliva
  • Sal
  • Pimenta do Reino
  • Caldo Base o quanto baste
  • Cheiro Verde bem picadinho à gosto

 

Como fazer o Creme de Abobrinha Verde com Bacon

 

  • Doure o bacon na panela em que for fazer o creme. Retire com uma escumadeira e deixe escorrendo em papel toalha.
  • Na mesma panela, coloque a manteiga e refogue até murchar bem a cebola, alho e alho poró.
  • Coloque a abobrinha em rodelas, tempere com sal, pimenta do reino e tomilho. Refogue um pouco para envolver o tempero na abobrinha.
  • Adicione o caldo até cobrir e cozinhe até amolecer a abobrinha. Pode deixar a panela entreaberta em fogo médio/baixo.
  • Quando estiver molinha, retire o tomilho e bata tudo no liquidificador.
  • Volte para a panela, adicione o creme de leite, bacon, cheiro verde, regule o tempero e está pronta!
Cremes de Chuchu, Batata Doce com Linguiça Blumenau, e Abobrinha com Bacon
Creme de Chuchu, Creme de Batata Doce com Linguiça Blumenau, Creme de Abobrinha com Bacon

 

Viram como é bem facinho? Eu já fiz um montão de caldo e piquei bastante alho, cebola, alho poró para ir usando nos creminhos. Daí é só usar sua criatividade e usar uma ervinha diferente em cada um, algum tempero que você goste, por exemplo: curry em um creme, páprica em outro, que tal?!

 

Se fizerem voltem para contar como ficou, ta bom?!

 

Beijos,

Bru.

Leia Mais

Página 1 de 2012345...1020...Última »