13 maio. 2016

Crème Brûlée

Oi queridos! Fiz esse Crème Brûlèe semana passada e vou compartilhar a receitinha com vocês.

Fotografei alguns passos, mas peço desculpas pela foto dele pronto, que não lembrei de tirar, e a única que tenho é essa que a minha irmã salvou do Snap dela… Rsrs

Ah, foi a primeira vez que eu fiz, e ficou quase perfeito. Já estou passando a receita com as pequenas alterações que farei da próxima vez que for fazer, tá?

 

Crème Brûlèe. A única foto de depois de pronto. Rsrs Sorry!
Crème Brûlèe. A única foto de depois de pronto. Rsrs Sorry!

 

Ingredientes para o Crème Brûlèe

 

  • 90g de açúcar (eu pesei na balança, mas medi pra vocês e deu 6 colheres de sopa / ou 1 xícara menos 1 dedo)
  • 8 gemas (tirar a película de fora, é ela que tem aquele cheiro mais forte)
  • 400 ml de leite integral
  • 400 ml de creme de leite fresco (eu usei 2 caixinhas de Piracanjuba Gourmet e ficou uma delícia)
  • 1 fava de baunilha
  • Mais um pouquinho de açúcar para finalizar

 

Como Fazer Crème Brûlèe

 

Pimeiramente, ligue o forno para pré-aquecer.

Com a ponta de uma faca, corte a fava de baunilha ao meio (no sentido longitudinal) e raspe toda a sementinha de dentro, é isso que tem o sabor. Coloque as sementinas, a fava, o creme de leite e o leite em uma panela. Leve ao fogo baixo.

 

Crème Brûlèe - Leite, creme de leite e fava na panela
Crème Brûlèe – Leite, creme de leite e fava na panela

 

Enquanto isso, coloque o açúcar já medido em uma travessa grande. Adicione as gemas e bata muito bem com um fouet, até virar um creminho esbranquiçado.

 

Crème Brûlèe - Como fazer
Crème Brûlèe – Como fazer

 

De vez em quando, mexa o conteúdo da panela com uma colher ou fouet revestido, para não riscar a panela. Assim que ferver, desligue.

 

Crème Brûlèe
Crème Brûlèe

 

Esse passo é bem importante: Coloque 1 concha do leite da panela e bata energicamente com um fouet. Eu optei por peneirar para ter um creme bem lisinho, mas é opcional.

Eu sei que já batemos bastante as gemas com o açúcar e que já virou um creminho. Mas como o leite está quente, precisamos colocar primeiramente 1 concha, e misturar muito bem, para regular a temperatura das gemas para que não cozinhem ou talhem, ok? Esse processo se chama Temperagem das gemas.

Depois disso adicione todo o restante do leite e misture bem com o fouet. Como eu já disse, eu preferi peneirar, mas é opcional.

 

Crème Brûlèe - Eu coei para ficar mais lisinho
Crème Brûlèe – Eu coei para ficar mais lisinho. Não, eu não tenho tantas mãos, era apenas a minha irmã me ajudando… Rsrs

 

Crème Brûlèe - Misturar muito bem
Crème Brûlèe – Misturar muito bem um pouquinho do leite para que as gemas não cozinhem.

 

Depois de todo o leite misturado, passe para os ramekins (vulgo “potinhos” de louça… Rsrs).

Gente, olha os pontinhos da baunilha, que coisa mais linda! *-*

 

Crème Brûlèe - Passar para os ramekins
Crème Brûlèe – Passar para os ramekins

 

Colocar os potinhos em uma forma e colocar água até a metade, para assar em banho maria.

Levar ao forno 180ºC (ou mais baixo que você tiver) por cerca de 1 hora.

Veja bem, na verdade isso do tempo é muito relativo, as receitas geralmente indicam 45 minutos, mas com esse tempo, eu balancei um pouquinho as forminhas e estava muito, muito aguado parecia que não tinha assado nada… Então deixei mais 30 minutos, totalizando 1h e 15 minutos de forno. Você vai ter que sentir o ponto conforme o seu forno: 45 minutos, 1 hora, 1h 15min… Apenas lembre que não é um pudim, é um creminho muito, muito mais molinho do que o pudim, ok?!

 

Crème Brûlèe - Assar em banho maria
Crème Brûlèe – Assar em banho maria

 

Retire do forno, deixe esfriar um pouquinho e leve os ramekins na geladeira para gelar.

Na hora de servir, salpique uma camadinha de açúcar em cima do creme e doure com um maçarico ou com as costas de uma colher muito, muito quente esquentada na chama do fogão.

 

Dicas da Bru

 

  • Rendimento e tempo de forno: Sabe o que eu disse ali em cima sobre o tempo de forno? Então, tenho certeza de que tive que aumentar o meu tempo de forno por ter colocado em forminhas muito altas. Renderam 3 forminhas com muito creme. O ideal é usar forminhas mais rasas, assim além do tempo de forno diminuir, vamos ter casquinha de açúcar a cada colherada… O volume total dessa receita, com o leite, creme, gemas, açúcar, é de cerca de 900 ml, você pode colocar em 6 travessinhas de 150 ml cada, é o que vou fazer da próxima vez, então fica a dica, tá?! Travessinha mais rasa e aberta, funda não…

 

  • Ah, imagino que em algumas cidades seja mais difícil de encontrar a fava de baunilha. Aqui em Curitiba tem no Mercado Municipal e na Mercadoteca. Aviso que que é um produto com custo alto (paguei R$ 28 no tubo com 2 favas, e usei apenas uma nessa receita), mas se você observar, vai ver que são pouquinhos ingredientes que a receita leva, e bem baratos, então daria para “investir” em uma fava. Se você não puder comprar, seja pelo custo, seja por não encontrar, use algumas gotinhas de essência de baunilha. É muito, mas muito diferente o resultado, tá?! Mas pelo menos você testa a receita e não fica sem fazer…

 

  • Como sempre, cada vez que vou fazer uma receita nova para mim, pesquiso bastante… Então vou deixar aqui alguns links que gostei e que podem ajudar caso tenham dúvidas. Também pode me perguntar que eu respondo, tá?! É só para ajudar vocês a visualizar melhor mesmo, pois é uma receitinha não muito comum por aqui, né?! Hehehe

Vídeo Rainha da Cocada – GNT (adoro ela, gente!) Ah, nesse vídeo mostra como queimar o açúcar com as costas da colher.

Petit Gastrô – O Pedro estudou gastronomia e fez um post com várias diquinhas sobre o Crème Brûlèe

TV Sol Comunidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 6 =