09 dez. 2015

Ragu alla Bolognese

Chique, né? Acontece que meu marido estava doido para fazer um bolonhesa… Ai procurando algumas referências, encontramos a receita original, que foi registrada em 1982 na Câmara de Comércio de Bologna, e tentamos nos manter o mais fiel a ela possível.

A receita a seguir, foi a que fizemos, já com nossas (pequenas) alterações. Nossa receita serve duas pessoas. Para servir mais pessoas, basta ir dobrando, ok?

A referência que usamos está aqui (em italiano): http://ricette.giallozafferano.it/Ragu-alla-bolognese.html

E se você acha que Bolonhesa é apenas carne moída com molho de tomate, se enganou… Vem comigo:

 

Ragu ala Bolognese
Ragu ala Bolognese


Ingredientes:

– 300g de massa (A receita original sugere Tagliatelle. Usamos Granfusilli e achamos que o prato ficaria mais delicado com tagliatelle)
– 300g de carne de boi (usamos bife de contra filé) picada em pedacinhos minúsculos
– 200g de carne de porco (usamos mignon suíno) picada em pedacinhos minúsculos
– 150g de bacon bem picadinho (usei o comprido da caixinha da Sadia)
– 250ml de vinho tinto seco de boa qualidade (medida copo de requeijão)
– 250ml de leite (medida copo de requeijão)
– 1 cenoura média descascada
– 2 talos grandes de salsão descascados
– 1 cebola grande descascada
– 6 dentes de alho picadinhos
– 1 lata de tomate pelati batida no liquidificador
– 250ml de caldo de carne (usei 1 colher do CHEF Nestlé para 250ml de água quente)
– 1 colher (sopa) generosa de manteiga
– 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
– Sal
– Pimenta do Reino

Preparo:

– Pique ou bata no processador a cenoura, salsão e cebola até conseguir pedacinhos bem pequenos. Essa mistura é chamada de Mirepoix na França, e Soffritto na Itália.
– Em uma panela grande, adicione o azeite de oliva com a manteiga. Assim que derreter, adicione o Mirepoix e o alho e refogue por alguns minutos, até murchar tudo.
– Em seguida, adicione o bacon e deixe fritar por alguns minutos. Em seguida, adicione as carnes, sal e pimenta do reino, o vinho e refogue por 15 minutos, sempre mexendo para que a carne fique soltinha.
– Adicione o tomate pelati batido no liquidificador e cozinhe até secar metade desse molho (cerca de 15 minutos).
– Adicione metade do caldo de carne e cozinhe até secar metade (cerca de 15 minutos).
– Adicione o restante do caldo de carne, e cozinhe até secar metade (cerca de 15 minutos).
– Nesse ponto, o molho já deve estar bem cozido e incorporado (e o cheiro na sua casa maravilhoso). Finalize adicionando o leite, mexendo e fervendo por alguns minutinhos para que esse se misture bem ao molho.
– Regule o sal e a pimenta e adicione a massa já cozida nessa panela. Misture e sirva.

Dicas:

– Gente, todo esse tempo de cozimento é realmente necessário para que tudo cozinhe junto e os sabores e aromas se incorporem. Cada vez que provamos ao longo do cozimento, ficava melhor, e melhor, e melhor. Se estiver com pressa, melhor deixar pra outro dia, ok?

– As carnes devem ser cortadas muito, muito pequenas, ficando quase igual uma carne moída. Você pode usar carne moída se quiser. Os italianos aprovam. Rsrs

– Vinho de boa qualidade significa esse que você está tomando. Vamos lá, gente, 1 copinho pra receita não vai te deixar mais pobre, né?

– A gente não resistiu e finalizou no prato com manjericão. Pelo o que vimos, não vai na receita original, mas ficou uma delícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 20 =