12 set. 2016

Churrasco Diferente: Legumes e Frutos do Mar na Brasa

 

Oi minha gente! Fazia tempo que eu queria fazer esse churrasco diferente, com legumes e frutos do mar na brasa.

É uma opção bem diferente e saudável para um fim de semana, e é bem simples de se fazer, mas vou dividir com vocês alguns detalhes de como fizemos…

 

Legumes e Frutos do Mar na Brasa
Legumes e Frutos do Mar na Brasa

 

Ingredientes que usamos:

 

  • Aspargos
  • Cenoura
  • Abobrinha
  • Brócolis
  • Cogumelo Shiitake
  • Cogumelo Eryngui
  • Alho
  • Camarão
  • Polvo
  • Para temperar: mistura de manteiga mole (ponto de pomada), azeite de oliva, sal e pimenta.

 

Preparação dos Camarões na brasa:

 

Legumes e Frutos do Mar na Brasa: Espetinho de Camarão na Churrasqueira
Legumes e Frutos do Mar na Brasa: Espetinho de Camarão na Churrasqueira

 

Colocamos os camarões em espetinhos. Na hora de levar para a churrasqueira temperamos um pouco com sal e lemon pepper e um pouco com sal Maldon defumado. O camarão é muito rápido: Em qualquer método de preparo: Ficou rosinha, está pronto! Se passar disso ele fica borrachudo. Em alguns espetinhos pincelei a misturinha de manteiga.

 

Preparação do Polvo na brasa:

 

Legumes e Frutos do Mar na Brasa: Preparando o Polvo
Legumes e Frutos do Mar na Brasa: Preparando o Polvo

 

O polvo antes de ser levado a grelha, precisa de um pré-cozimento para deixa-lo mais macio, pois levando cru para a grelha é quase certeza de que ele fica borrachudo.

 

Dessa vez eu experimentei um novo método de cozimento que vi no Master Chef: Em uma panela grande colocamos a água, um pouco de cenoura, salsão, cebola, 1/2 cebola piquet (1/2 cebola espetada com folha de louro e cravinhos). Deixa ferver muito bem. Com o auxílio de uma pinça ou outro utensílio, mergulha o polvo 3x nessa água fervente. Então deixa na panela semi tampada cozinhando por cerca de 1 hora e 30 minutos, ou até ficar bem macio.

OBS: Antes de cozinhar lavei o polvo em água corrente e esfreguei bem, massageando com um pouco de sal grosso e limão thaiti espremido. Depois enxaguei em água corrente.

 

Na hora de levar para a grelha, temperei passando um pouco da misturinha de manteiga com a ajuda de um pincel.

 

Eu já falei sobre esse ingrediente nos posts Polvo a Lagareiro  e Carpaccio de Polvo. Nos dois posts ensinei como cozinhar o polvo na pressão, uma outra opção bem prática para o pré-preparo desse ingrediente. É bem mais rápido e fica muito bom também. A diferença é que na pressão a gente perde um pouco mais do volume do polvo (ele diminui mais) do que no cozimento comum.

 

Preparação dos Legumes na brasa:

 

Legumes e Frutos do Mar na Brasa
Legumes e Frutos do Mar na Brasa

 

Os legumes realmente não tem segredo. Basta lavar e cortar como quiser.

Os aspargos eu prefiro descascar, pois acho um pouco fibroso quando asado com casca. Usei um descascador de cenouras para descascar os aspargos e cenouras.

O brócolis cortei em flores grandes, assim como a abobrinha foi cortada apenas ao meio, para ficar mais al dent depois de assado.

O alho embalei em papel alumínio com um fio de azeite de oliva, sal e pimenta, e deixamos por mais ou menos 30 minutos assim fechadinho, para depois abrir apenas para dourar. Esse alho fica desmanchando.

Temperei na hora de levar para a grelha, passando um pouco da misturinha de manteiga em cada legume, com a ajuda de um pincel.

 

Legumes e Frutos do Mar na Brasa
Legumes e Frutos do Mar na Brasa

 

Depois de tudo preparado, basta levar para a churrasqueira: Coloque primeiro o que tem um tempo de cozimento maior: cenoura, abobrinha, alho… Então vá colocando os ingredientes que cozinham mais rápido depois, tudo pincelado com a misturinha de manteiga, inclusive o polvo, que é super rápido, é um “susto” mesmo, rsrs… Se deixar demais ele resseca.

 

Legumes e Frutos do Mar na Brasa
Legumes e Frutos do Mar na Brasa

 

O que acharam desse churrasco diferente? Eu ainda prefiro uma carne bem suculenta (rsrs) achei muito gostosa essa opção levinha…

Se fizerem me contem, tá?!

 

Beijos,

Bru.

Leia Mais

18 ago. 2016

Barreado de Morretes

 

Oiiii amores!!! Finalmente vim colocar a receita do Barreado de Morretes para vocês né!

 

Bom, tudo começou quando minha amiga Pam fez um barreado MARA na casa dela… Uns dias depois, outra amiga queria muito fazer barreado. Eis que pedi a receita para a Pam, e ela me disse que se baseou nessa receita de panela de pressão, comprou 2 kg de Alcatra com Maminha, 400g de bacon, e dobrou todos os outros temperos: cominho, alho, cebola…

 

Como eu sou doente por longos cozimentos, dispensei a panela de pressão e fiz um cozimento de 16 horas na panela tampada. E a Estela que ama acém, quis usar esse corte na receita.

 

Barreado de Morretes - Cozido por 16 horas
Barreado de Morretes – Cozido por 16 horas

Antes da receita em si, quero colocar algumas observações:

 

  • Tradicionalmente, o barreado em Morretes é feito em panela de barro e selado com uma massa de farinha e água. Caso esteja usando uma panela dessas, veja aqui como fazer isso.

 

  • Como eu fiz na minha panela da Le Creuset, que é de ferro super pesado, não precisei vedar, pois apenas o peso da tampa já fazia com que não escapasse nenhum vapor.

 

  • Sinceramente, o barreado que a Pam fez na panela de pressão ficou até melhor do que esse que eu fiz. Talvez pela carne que ela usou: a alcatra com maminha absorve mais o sabor dos temperos, por ter um sabor mais suave e neutro do que o acém, que possui sabor acentuado. Se for fazer na panela de pressão, cozinhe por 3 horas na pressão abrindo de tempos em tempos para verificar que ainda tem água, e mais 3 horas borbulhando em panela aberta.

 

  • Os acompanhamentos para o barreado são: arroz branco, farinha de mandioca fina (da branca) e banana.

 

Observações passadas, vamos lá:

 

Ingredientes para o Barreado de Morretes:

 

Ingredientes para o Barreado de Morretes
Ingredientes para o Barreado de Morretes

 

  • 3 kg de carne bovina de sua preferência cortada em cubos grandes (como explicado acima, usei acém mas preferi a receita com alcatra e maminha)
  • 500 g de bacon cortado em cubinhos
  • 6 cebolas grandes cortadas em cubinhos
  • 2 cabeças de alho picado ou moído
  • 6 tomates picados em cubinhos
  • 1 maço de salsinha bem picadinha
  • 1 maço de cebolinha bem picadinha
  • 5 folhas de louro
  • 3 colheres (sopa) de cominho em pó – TEM que por, tá?! É o cominho que deixa com gosto de barreado, e não de carne de panela. Pode adicionar até mais depois.
  • 1 xícara de vinagre de vinho tinto
  • Sal e Pimenta do Reino
  • Opcional: 2 colheres (sopa) de farinha de mandioca para finalizar.

 

Como fazer Barreado de Morretes:

 

  • Tempere os cubos de carne com sal, pimenta do reino e metade do cheiro verde. Reserve.
  • Na panela que for usar, doure o bacon.
  • Agora vamos começar a fazer camadas: Coloque metade da cebola e alho.
  • Por cima coloque uma camada de carne e coloque bastante cominho.
  • Coloque a outra metade do alho e cebola e metade dos tomates em cima da carne.
  • Faça outra camada de carne, também com bastante cominho.
  • Coloque o restante dos tomates, o restante do cheiro verde e as folhas de louro.
  • Adicione o vinagre de vinho tinto.
  • Agora tampe a panela e prossiga com o cozimento de sua escolha:
  1. Na panela de pressão por 3 horas, abrindo a cada 40 minutos para verificar se tem caldo. Caso esteja seco, adicionar a água aos poucos. Depois cozinhar mais 3 horas borbulhando em panela aberta.
  2. Na panela comum por cerca de 16 horas, verificando o caldo a cada 2 horas. Caso esteja seco, adicionar água aos poucos. Se você não tem uma panela com a tampa bem pesada, pode vedar com farinha e água, ou colocar peso em cima da tampa e se certificar de que não está escapando vapor.
  • Nas ultimas horas de cozimento (faltando 1 a 2 horas para finalizar):
  1. Prove e regule o sal, pimenta e cominho.
  2. Se a sua carne não estiver completamente desfiada, com a ajuda de uma escumadeira, ou colher, ou acessório para purê, amasse um pouco a carne de modo que se desfie.
  3. Opcional: Misturar 2 colheres (sopa) de farinha de mandioca.
  • Sirva com arroz branco, farinha de mandioca e banana. Se quiser, uma saladinha verde vai bem também.

Espero que tenham gostado,

Beijos,

Bru.

Leia Mais

06 jun. 2016

Macarrão de Panela de Pressão

 

Esse Macarrão de Panela de Pressão é uma receita que minha mãe fazia frequentemente, e além de delicioso, é muito prático. Por isso é uma ótima opção para o almoço ou jantar do dia a dia.

Fiz algumas alterações, e passo pra vocês a receitinha que eu adoro:

 

Macarrão de Panela de Pressão
Macarrão de Panela de Pressão

 

Ingredientes para o Macarrão de Panela de Pressão

 

  • 500g de Mini Penne Barilla (Pode fazer com outro, desde que seja grano duro, mas esse é o que eu mais gosto. É menorzinho do que o da foto, esse dia infelizmente não tinha esse mini da Barilla)
  • 2 caixinhas de creme de leite
  • 1 lata de tomate pelato
  • 2 colheres (sopa) de extrato de tomate
  • 5 a 6 dentes de alho bem picadinhos
  • 2 cebolas bem picadinhas
  • Opcional: pode fazer só com os molhos acima, ou adicionar 300g de carne moída, ou calabresa ralada, ou linguicinha Blumenau. O que eu mais gosto é de linguiça Blumenau.
  • Opcional: 1 xícara de vinho branco seco
  • Cheiro verde bem picadinho (salsinha e cebolinha)
  • Sal e pimenta do reino
  • Azeite de Oliva

 

Como Fazer Macarrão de Panela de Pressão

 

  • Se estiver usando linguiça Blumenau ou Calabresa, retire a capa e pique bem. Coloque em um prato 2 folhas de papel toalha, a linguicinha cortada, 2 folhas de papel toalha por cima. Leve ao microondas por 2 minutos. Esse processo diminui bastante a quantidade de gordura que vai para a comida.
  • Se estiver usando carne moída, doure na panela bem quente e reserve.
  • Na panela de pressão, dourar o alho e cebola no azeite de oliva e adicionar a carne ou linguicinha (caso esteja usando).
  • Adicionar o vinho e deixar evaporar.
  • Misture o macarrão, o tomate pelato e o extrato, os cremes de leite. Misture bem e adicione água até que fique 2 dedos acima do macarrão. Coloque sal e pimenta e prove do caldinho para saber se está bom.
  • Cozinhe na pressão por 3 minutos (contando o tempo depois que pegar pressão). Depois desse tempo, retire a pressão para abrir a panela e adicione o cheiro verde.

 

Dicas da Bru

 

  • Assim como forno, panela de pressão é uma coisa um tanto “particular”, digamos assim… Rsrs Pode ser que na sua leve mais ou menos tempo, mas sugiro que teste o tempo que eu indiquei primeiro, pois caso ainda fique meio durinho, basta adicionar um tantinho de água e deixar ferver aberto mais um pouco. Aqui em casa sempre dá certo com esse tempo e eu nunca precisei fazer isso.
  • Se vocês fizerem a receitinha de Molho de Calabresa que eu coloquei aqui junto com o post da polenta cremosa, vão perceber que rende bastante… Então dessa ultima vez que fiz esse macarrão de panela de pressão, usei esse molho e adicionei apenas os cremes de leite, água, sal e pimenta, e cheiro verde no final, pois no molho que estava pronto já tinha bastante alho, cebola, tomate, etc…

 

Beijos, Bru.

 

Leia Mais

11 abr. 2016

Conchiglione a Cremona

Conchiglione a Cremona é o meu prato preferido desse restaurante que eu amo, o Barolo Trattoria. Tudo lá tem um sabor incrível… Resolvemos tentar reproduzir em casa esse nosso prato preferido de lá (Conchiglione a Cremona), que são conchigliones recheados com queijo, cobertos com molho funghi e brócolis e gratinado.   E olha, ficou digno de cheiro, sabor, e visual de trattoria mesmo, sabe?!

 

11059402_1648964872016177_2442269025185386060_n

Ingredientes para o Conchiglione a Cremona:

– 1 caixa de Conchiglione Paganini (500g)
– 2 bisnagas (250g) de Catupiry
– ½ tabelete mussarela cortado em palitos
– 1 brócolis japonês cortado em flores
– 300g de queijo Parmesão ou Grana Padano ralado
– 300g de queijo provolone ralado
– 1 receita de Molho Funghi pronta

Preparo do Conchiglione a Cremona:

– Adicione os queijos ralados ao molho funghi já pronto, reservando um pouco para polvilhar por cima na hora de gratinar. Se o molho estiver muito encorpado, adicione um pouco de leite, pois como vamos gratinar, ele ainda seca um pouco, e a quente quer um molho, e não um purê, né?!
– Cozinhe o brócolis por 2 minutos dentro de um saquinho para verduras no micro-ondas. Reserve.
– Cozinhe o conchiglione em água fervente bem salgadinha por 10 minutos e escorra.
– Coloque um pouco do molho para forrar o refratário.
– Recheie cada concha com o catupiry e 1 palito de mussarela, e coloque-os lado a lado no refratário que você forrou com molho.
– Adicione aleatoriamente os brócolis, cubra com o restante do molho e polvilhe os queijos ralados.
– Leve ao forno (pré-aquecido) até dourar (cerca de 15 minutos) em fogo alto ou grill.

 

Dicas rápidas:

– Tem que cozinhar a massa beeeem al dente, durinha mesmo. Pois como ainda vai ao forno, o cozimento continua. Além disso, se você cozinhar ela demais, não vai parar fechadinha, fazendo com que o recheio escorra todo para fora. Inclusive, depois que rechear, feche bem a conchinha.
– A montagem deve ser feita com apenas uma camada de conchigliones, para que todos fiquem gratinados. Não pode por mais conchas por cima não, ta?!
– Essa quantidade de ingredientes rendeu o suficiente para montar 2 refratários grandes. Como servimos com carne, estávamos em 6 e sobrou um refratário quase inteiro. Se fosse apenas a massa, imagino que as duas travessas serviriam 6 pessoas sem sobrar.

Leia Mais

04 abr. 2016

Polvo a Lagareiro

Oi gente linda! Hoje vim compartilhar com vocês essa receitinha de Polvo Lagareiro, que fez sucesso no meu Instagram (@nacozinhadabruninha) e página do Facebook.

 

Bom, primeiro, quero dizer a vocês que polvo é uma coisa que a maioria das pessoas tem muita dúvida sobre como preparar. Me dizem muito que gostam, mas que não sabem se vão acertar, que não tem ideia de como se prepara, etc. Isso é normal, eu também não sabia. Mas tem um preparo básico para toda receita com esse ingrediente, para deixar macio, e vou mostrar pra vocês.

 

Eu já postei esse preparo básico quando coloquei a receita de Carpaccio de Polvo. Vale a pena dar uma olhadinha nesse post também.

 

Polvo a Lagareiro
Polvo a Lagareiro

 

Vamos começar com o procedimento padrão, que uso para toda receita que vou preparar com polvo:

 

Ingredientes:

  • 1 polvo grande com tentáculos carnudos (pedir para tirar a cabeça)
  • 1 limão thaiti espremido
  • Sal grosso
  • 2 cebolas grandes cortadas ao meio
  • 1/2 cebola espetada com louro e 3 cravos
  • 1 dose de vodka (opcional)

 

Preparo:

 

  • Lavar o polvo em água corrente e esfregar bem o sal grosso com o suco do limão. Massagear muito bem durante uns 10 minutos, como se estivesse sovando um pão. Enxaguar em água corrente.
  • Forrar a panela de pressão com rodelas grossas de cebola e a cebola com louro e cravos. Colocar o polvo em cima de tudo, a vodka, levar ao fogo e cozinhar 15 minutos (contar depois que pegar pressão). Sem água mesmo, ta?! O polvo e a cebola que soltam a água.
  • Retirar o polvo da panela e enxaguar bem em água fria, retirando com as mãos um pouco da pele.
  • Cortar para separar os tentáculos.

 

Agora vamos transformar esse “polvo básico” em Polvo a Lagareiro!

 

Ingredientes:

 

  • 16 batatinhas baby (bolinha)
  • 16 cebolas baby (bolinha)
  • 4 dentes de alho (grandes) muito bem picadinhos
  • 6 dentes de alho (grandes) com casca
  • Salsinha e Cebolinha bem picadinhas
  • Sal (usei Flor de Sal, mas pode ser o que você tiver)
  • Pimenta do Reino
  • Bastante azeite de oliva

 

Preparo:

 

  • Ligar o forno em temperatura máxima.
  • Lavar as batatinhas e as cebolas e colocar em um refratário grande. Colocar o alho com casca. Temperar com sal, pimenta do reino e um bastante azeite de oliva (um fio beem generoso).
  • Cobrir com papel alumínio e levar ao forno por 30 minutos em temperatura média.
  • Enquanto isso, doure o alho picadinho em um fio generoso de azeite de oliva. Passe para um potinho o alho junto com o azeite para parar o cozimento e não queimar.
  • Retire a travessa do forno, e com um pano de prato ou papel toalha dobrado, amasse as batatinhas, como se estivesse fazendo batatas ao murro.
  • Tempere o polvo com sal (usei Flor de Sal) e pimenta do reino e misture com a batata e a cebola no refratário (eu coloquei em cima e achei que ressecou um pouco, precisa misturar mesmo para ele ficar em contato com o caldinho que tem em baixo). Arrume de modo que o lado douradinho da batata e da cebola fiquem virados para cima. Fica mais bonito e apetitoso.
  • Na hora de servir, levar ao forno (sem cobrir) apenas para aquecer e dourar levemente.
  • Tirar do forno e salpicar o cheiro verde picadinho, e “regar” com o alho (com o azeite que ele foi frito).
  • Está pronto para servir!

 

Servido no prato, vejam que lindo!
Servido no prato, vejam que lindo!

 

Dicas da Bru:

 

  • Fica muito perfeito com um arrozinho branco, pois o “caldinho” do azeite com o arroz branco fica incrível. Combina demais.

 

  • O meu polvo era bem grande e muito carnudo, eu e meu marido jantamos duas vezes, então com uma entradinha antes, e um arroz para comer junto, serviria 4 pessoas. Para isso, precisa ser um polvo de pelo menos 2kg, pois ele diminui muito quando cozinha. Observe se o polvo que você comprar é grande e tem os tentáculos carnudos, pois caso não seja, vai servir apenas duas pessoas.

 

 

 

Leia Mais

Página 1 de 3123