04 dez. 2015

Noite de Open House

Oi queridos e queridas! Hoje eu gostaria de compartilhar com vocês a recepção que fiz para nossos amigos assim que nos mudamos.

Essas fotos são de um ano atrás, faltavam várias coisinhas para serem colocadas, como cortinas, cadeiras rodapés, espelhos, papel de parede… Mas eu amei essa noite!

Como seríamos em mais de 10 pessoas em um ambiente pequeno, ainda sem cadeiras na mesa, optei por fazer uma mesa de petiscos, assim não precisaria ter lugar para todos na mesa, nem precisaria de cadeiras para sentar para comer.

 

Nossa casinha 1 ano atrás... Pronta para receber os amigos
Nossa casinha 1 ano atrás… Pronta para receber os amigos

 

Dessa maneira, a medida que fomos conversando, cada um se servia do que quisesse, ao longo da noite.

 

Mesa de petiscos
Mesa de petiscos

 

Para a decoração, usei uma toalha de cervejinhas (comprei o tecido em um armarinho e uma amiga fez a barrinha), verdinhos que fazem parte da decoração da minha casa, e velas.

 

Montei uma tábua de queijos, uma tábua de palmito com salame, fiz dois patês, comprei pastinhas árabes, pães, barquetes e torradinhas, mini salsichas em conserva, azeitonas, e fiz um empadão e enroladinhos de vina, pois como não serviria jantar, precisava de alguma comidinha mais substancial, digamos assim… Rsrs

 

Tábua de queijos e uvas
Tábua de queijos e uvas

 

Na tábua de queijos, coloquei mais um pouquinho de salame, e uvas. Os queijos eu gosto sempre de ter pelo menos um duro e um macio, e colocar doces e mel para acompanhar. Aqui tinha doce de figo (acho que combina perfeitamente com  queijos duros, como Parmesão, Prima Donna ou Grana Padano), geléia de frutas vermelhas (com brie, sempre), e mel com amêndoas. As uvas, sempre prefiram servir as sem sementes, fica mais confortável para o convidado comer e não ter que se incomodar com o que fazer com as sementinhas.

 

Pastinhas árabes, torradinhas e barquetes
Pastinhas árabes, torradinhas e barquetes

 

Como disse, as patinhas árabes, torradinhas e mini salsichas em conserva eu comprei (no Mercado Municipal) e arrumei em travessinhas brancas.

Atrás, a ricota temperada * Receita express: Amasse bem a ricota ou bata no processador. Tempere com bastante azeite de oliva, salsinha, cebolinha, manjericão, sal e pimenta do reino. Sirva com torradinhas ou barquinhas*.

E o patê de cream cheese Philadeplhia e damasco: basta misturar o cream cheese com geléia de damasco na proporção que desejar, quanto mais geléia, mais doce.

Eu gosto de servir uma opção salgada e uma opção mais adocicada.

 

Enroladinhos de Salsicha
Enroladinhos de Salsicha

 

Coloquei os enroladinhos de salsicha em um prato com pé de prata e os molhinhos como mostarda, ketchup, pimentas, em volta. Foi o marido que arrumou e escreveu nas plaquinhas!

Para fazer os enroladinhos, bata envolver a salsicha na massa folhada (comprada pronta, da Arosa), pincelar um ovo batido, cortar do tamanho que desejar, e assar até dourar.

 

O famoso empadão de Palmito
O famoso empadão de Palmito

 

Esse empadão de palmito é famoso mesmo! Receita da minha avó, que todos amam e me pedem para fazer! Em toda festa tem que ter! Rsrs. Mas isso é receita pra outro post, pois é grandinha…

Ao lado do empadão, os talheres, pratinhos e guardanapos para que cada um se sirva. Como eu não tinha porta talheres, arrumei assim e adorei o resultado.

 

Copos

 

Deixei os copos e os descansos no balcão, e uma champanheira bem grande com gelo e cerveja em cima da pia.

 

Eu adorei essa noite! Além de ter nossos amigos queridos pela primeira vez na nossa casa, amei essa maneira prática e descontraída de servir quando não temos tanto espaço para muita gente.

Quero repetir em breve!

Espero que vocês também tenham gostado… Bjinhos!

Um comentário em “Noite de Open House

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + onze =