05 jun. 2016

A Melhor Polenta Cremosa

Vocês não imaginam o meu desespero, quando fui receber dois casais para jantar um Ossobuco de Vitela, e quando perguntei se preferiam risoto ou massa para acompanhar, um deles me responde: “Quero polenta mole!”. Gente, eu não sabia fazer polenta mole!! Já tinha feito uma ou duas vezes sim, mas não ficou aquela delícia, sabe?!

 

Eis que alguém me lembrou que temos um colega fazendo pós em Gastronomia, e havia mostrado essa polenta na semana anterior. Há! Foi a minha salvação, e ficou simplesmente P-E-R-F-E-I-T-A. Um dos meus convidados disse que nunca comeu uma tão boa em nenhum restaurante que já tenha ido… Então, se preparem para a Melhor Polenta Cremosa!

 

Polenta Cremosa com Ossobuco de Vitela.
Polenta Cremosa com Ossobuco de Vitela.

 

Ingredientes para Polenta Cremosa

 

Serve bem 4 pessoas

 

  • 100 g de fubá amarelo = 1 xícara menos 1 dedinho, ou 1 copo menos 2 dedos (tem foto no final pra vocês verem a quantidade)
  • 1 litro de leite (integral) – a receita sugere 600 ml, mas eu queria bem molinha.
  • 1 Bouquet Garni (galhinhos de ervas frescas amarrados com um barbante). Gosto de usar alecrim, tomilho e sálvia – 2 ou 3 galhinhos de cada. Se tiver alho poró pode amarrar no talinho dele.
  • 1 cebola piqué (1/2 cebola com 2 folhas de louro presas com 3 cravinhos) – foi por minha conta
  • 50 g de queijo Grana Padano ou Parmesão ralado (compra a pecinha e rala, tá?! Nada de queijo de saquinho!)
  • 50 g de manteiga (1/4 do tablete de 200 g)
  • Creme de leite para finalizar – a receita “original” sugere 40 ml de creme de leite fresco, eu usei 1 caixinha (200 ml) do Gourmet da Piracanjuba, que tem alto teor de gordura, assim como o fresco.
  • Sal
  • Noz mocada (por minha conta)

 

Como Fazer Polenta Cremosa

 

  • Em uma panela grande e funda, aqueça o leite com o sal, bouquet garni e cebola piqué. Desligue e tampe. Se possível, faça esse passo algumas horas antes de começar a cozinhar a polenta para que o leite pegue o gostinho dos temperos.
  • Em uma vasilha maior, cubra o fubá com água fria e misture bem. Deixe hidratando de 15 a 30 minutos.
  • Na hora de fazer a polenta, aquecer novamente o leite e retirar as ervas e cebola.
  • Em fogo baixo, adicionar o fubá hidratado na água mexendo com um fouet sempre, para não formar grumos.
  • Cozinhar até que o fubá deixe de ter gosto amargo e farinhento. (no mínimo 30 minutos, sendo que para essa quantidade levei 1 hora cozinhando). Mexendo sempre.
  • Depois de cozido, adicionar a manteiga gelada, o creme de leite, o queijo ralado, noz moscada e regular o sal.
  • Caso queira um ponto ainda mais mole do que ficou, basta adicionar mais água ou leite até ficar como você quer, lembre-se que assim que esfriar um pouquinho começa a endurecer, então considere isso antes de servir.

 

Dicas da Bru

 

  • Como eu disse pra vocês, a primeira vez que eu fiz essa polenta foi para acompanhar o Ossobuco de Vitela, que eu já coloquei a receita no blog. Dai outro dia meu marido fez um Ragú de Calabresa e achei que ficaria perfeita com essa polenta cremosa. Fica a ideia para vocês de servir até como uma entrada antes do jantar, ao invés de prato principal, ou para uma noite de Finger Food, onde podemos servir várias mini-comidinhas em loucinhas charmosas como essas panelinhas:

 

Polenta Cremosa com Ragú de Calabresa
Polenta Cremosa com Ragú de Calabresa

 

Quer saber como faz esse molhinho do marido? É uma delícia e bem facinho, segue uma receitinha express:

Rale 2 linguiças calabresa (400g), doure na panela e escorra em papel toalha (ou coloque em um prato 2 folhas de papel toalha em baixo e 2 em cima da calabresa já ralada e leve ao microondas por 2 minutos).

No azeite de oliva e em fogo alto, doure alho e cebola bem picadinhos (6 dentes de alho e 2 cebolas).

Adicione a calabresa e misture bem. Adicione 1 lata de tomate pelatti em pedaços.

Abaixe o fogo e cozinhe pelo máximo de tempo que puder, o nosso ficou umas 3 horas cozinhando, mexendo de vez em quando, mas não precisa ficar em cima não.

Caso esteja com pressa não tem problema, vai dar certo também, só que quanto mais tempo cozinha, mais saboroso fica.

 

 

  • Como você ainda não comprou  a balancinha que eu sugeri, medi em um copo americano (esses de requeijão) e em uma xícara para te mostrar a quantidade:

 

1 copo menos 2 dedos.

Polenta Mole: 100 g = 1 copo menos 2 dedos.
Polenta Mole: 100 g = 1 copo menos 2 dedos.

 

1 xícara menos um dedinho.

Polenta Mole: 100 g = 1 xícara (de chá) menos 1 dedinho
Polenta Mole: 100 g = 1 xícara (de chá) menos 1 dedinho

 

Espero que essa comidinha deliciosa aqueça suas noites, como aquece as nossas!

 

Beijos, Bru.

 

2 comentários em “A Melhor Polenta Cremosa

  1. Muito top a descrição da receita, as dicas e as fotos dos pratos e complementares.

    Estava procurando no google a receita de um prato do Nico Basta e Pasta e cai na sua página.

    Que, diga-se de passagem, é de muito bom gosto!

    Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =